Quadro 2.1 – Os principais paradigmas técnico-económicos

 

 

Período

 

 

Descrição

 

Principais Sectores

 

Organização Económica

1770 a 1840

Mecanização inicial

Têxteis, canais, estradas com portagens

Empresários em nome individual e pequenas empresas; capital local e riqueza individual

1830 a 1890

 

Energia a vapor e caminhos-de-ferro

 

Motores a vapor, caminho-de-ferro, transportes marítimos mundiais

Competição entre pequenas empresas; verifica-se a emergência de grandes empresas com dimensão sem precedentes; empresas de responsabilidade limitada e sociedades anónimas

1880 a 1940

 

Engenharia electrotécnica e pesada

Engenharia electrotécnica, indústrias de processos químicos, navios de aço, armamento pesado

Empresas gigantes, cartéis, trusts; fusões e aquisições; regulação estatal e entrada em vigor de leis anti-trust; equipas de gestão profissional

1930 a 1980

 

Produção em massa (“fordismo”)

Automóveis, aviões, bens de consumo duradoiro, materiais sintéticos

Competição oligopolista; emergência de empresas multinacionais; aumento do investimento directo estrangeiro; integração vertical; estilos e abordagens de gestão tecnocrática

1970 a ...

 

Tecnologias de informação e comunicação

Computadores, software, telecomunicações, tecnologias digitais

Redes de grandes e pequenas empresas com base crescente em redes de computadores; onda de actividade empresarial associada a novas tecnologias; fortes clusters regionais de empresas inovadoras