A questão fundamental

 

"Um meu amigo, mas rival nas eleições (Manuel Alegre), afirmou que dorme descansado com Cavaco Silva em Belém. A seguir veio o outro (Jerónimo de Sousa) dizer que não dorme ele, nem os trabalhadores. Eu estou de acordo com Jerónimo de Sousa, porque também não durmo descansado".
Mário Soares em Beja.


Os candidatos à presidência dividem-se portanto em dois grupos fundamentais: aqueles que dormirão descansados a partir de 22 de Janeiro (Alegre e presumivelmente Louçã) e aqueles que não dormirão descansados (Soares, Jerónimo e presumivelmente Cavaco).

Antigas dicotomias como esquerda/direita ou liberalismo/estatismo parecem estar completamente fora de moda na conjuntura actual.

O futuro ameaça com dramáticas disputas pela escassez do XANAX.
i ________________________________________________________________________________
 

Fernando Penim Redondo - Novembro 2005