Estratégia de e-business

Construir um documento que enquadre um futuro caderno de Encargos de e-business  

Quer iniciar um negócio na Internet. Já tem ideias muito concretas sobre o âmbito e objectivos deste seu projecto e quer agora implementá-lo. Sente-se, no entanto, um pouco perdido em relação a toda a problemática do e-commerce ou do e-business (onde deseja obter mais certezas) e prevê a necessidade de contar com o apoio de alguma entidade que o aconselhe na realização de tão importante projecto.

Tendo como objectivo ajudá-lo a preparar um pequeno documento com as respostas às questões mais importantes que lhe irão ser colocadas por possíveis parceiros de implementação, nomeadamente empresas de consultoria em sistemas de informação, elaboramos e apresentamos nas páginas seguintes as principais ideias que lhe poderão ser úteis na estruturação de um projecto de e-business.

A quanto mais questões conseguir dar resposta, melhor será a informação que gera e melhor a qualidade do documento que emite. Estamos certos que a estruturação que a seguir apresentamos lhe será muito útil. Caso queira acrescentar ou modificar algum dos pontos envie-nos um e-mail com os seus reparos, comentários e críticas. Serão sempre bem-vindos e permitirão melhorar e complementar este documento.

 

Uma primeira definição

Antes de iniciarmos a apresentação da metodologia, é importante definir que, em qualquer projecto de e-business existem dois sistemas complementares e que em diferentes graduações estarão sempre presentes. A estes dois sistemas designaremos por Front-End e Back-End. 

A componente de Front-End incluirá a interface gráfica, o conteúdo, a navegação e a funcionalidade do “site” (é a componente visível pelo utilizador).

Por sua vez, a componente de Back-End será constituída pela infra-estrutura tecnológica de suporte, pela programação necessária, e pelas interfaces com os processos existentes na empresa (é a componente invisível do “site”).

Ao conjunto destas duas componentes poderíamos chamar sistema de Front-Office da empresa (ainda que esta designação seja muito utilizada como sinónimo de CRM – Customer Relationship Management). O sistema de Back-Office seria então constituído pelo conjunto de aplicações informáticas que compõem o designado Sistema Integrado de Gestão ou ERP (caso exista), ou pelo conjunto de aplicações informáticas que suportam a operacionalidade da empresa.     

Queremos também ressalvar o facto de que a utilização da metodologia que a seguir apresentamos não elimina a necessidade de se efectuar uma rigorosa e completa definição estratégica do projecto que deseja prosseguir. A utilização desta metodologia deverá, tão somente, ajudar a melhor estruturar a sua visão sobre os seus requisitos e objectivos.

 

  

 

 

ContactarOutros artigos deste Autor